12.6.07

Tempo de Acarinhar


Ó Grande Amigo!
deste-me o tempo.
Atrás de mim,
horas sem fim,
os anos todos
vivi só prá Ti.

Toda a história foi minha e não nego,
este presente de cada manhã.
Fico de pé e te peço ó Deus:

Dá coragem para, juntos, plantarmos sementes de alegria nos abraços que vamos semeando, abraços que vamos semeando enquanto repartimos amor, nos canteiros que adubaste com esperança. E ainda te peço ó Deus...

Dá-me mais tempo
para servir,
prá silenciar,
saber brincar,
acarinhar quem
comigo está.

Todo momento foi meu, eu sei,
este presente é tão caro prá mim.
Eu me levanto e sou grato ó Deus!