9.4.09

Dá-lhes!


Abaixo transcrevo a poesia que escrevi em homenagem à Valmi, minha esposa, no dia em que ela foi instalada como Obreira Diaconal do Sínodo Norte Catarinense!

Esperam que expresses “Strahlung
E isso, sempre antes de ir e vir.
Tanta coisa acontece na volta dos dias
Tuas ações sempre soam melodias.

Vai, desnuda teu sorriso “am Abend”.
A noite é escura e esconde tristezas.
A vida vai passando, passando
E muitos te sonham diaconando.

Inúmeros se cansaram da “Eintönigkeit
Sei, tua marca nunca foi monotonia
Vais dizer, sugerir excelentes detalhes!
Eis aí o teu chamado: dá-lhes!