Busque Saber

23.5.07

O bilhetinho amarelo!


No dia 03 de fevereiro de 1990, tive a chance de usar a mídia durante uns poucos 30 segundos. Lembro que, na época, criei uma frase de efeito. Eu cria aquilo que disse. Hoje constato que lá se foram 17 anos e quatro meses. Nada mudou. Os homens continuam parecendo pessoas de bem, mas não o sao. Agora o nome da operacão chama-se "navalha". Outros nomes virão. Eu nunca quis perder a capacidade de sonhar que sempre me impulsionou até os dias de hoje. Ah!... Desculpe! Você gostaria de ler o conteúdo da minha fala. Aqui vai...

"Neste estado, e por que não dizer: no nosso país, há muitas candidaturas que ainda chegam a florescer enraizadas nos velhos ditames do não pensar. Essas posturas vão terminar. Elas têm que acabar..."

2.5.07

Grossa Migalha!


Outro dia, sentado numa ótima cadeira, eu curtia o ócio de um final de tarde, enquanto saboreava meu chimarrão e, de vez em quando, beliscava uma rosca de polvilho. Num dado momento caiu uma grossa migalha no chão. De repente, ali estava uma formiga. Logo percebi que a mesma estava embuida de carregar o alimento até o seu ninho. Com uma disposição fora do comum, colocou a boa porção sobre as costas e lá se foi. Nossa conversa estava boa. Alguns minutes depois vi-a caminhando lá longe, há uns quatro ou cinco metros de onde eu me encontrava. Continuei observando-a. Subiu o muro e quando estava quase lá em cima, deixou a grande migalha cair. Voltou lá embaixo e buscou a sua preciosa carga. Subiu até um determinado ponto e o "alimento" caiu de novo. A formiga continuou lutando sempre com a mesma disposição. Tentou uma, duas, três, vinte vezes sobrepujar o obstáculo. Na vigésima primeira, ela acabou conseguindo o seu intento. As vezes me pego a pensar que deveríamos observar com mais atenção as mensagens que a natureza nos promove. Temos sonhos? Pois tentemos realizá-los. Persistência é um estado de espírito que Deus pode plantar em cada um de nós. Ele nos ajuda sim, a encontrarmos bons caminhos.

OLHA SÓ!

  A BAILARINA DE AUSCHWITZ Outro dia, após repartir algumas dificuldades com uma amiga, fui desafiado a ler o livro “A Bailarina de Auschwit...