Postagens

Mostrando postagens de Março 8, 2019

Ô COTONETE!

Ô COTONETE!
Em maio celebro meus 65 anos, a maioria deles embebidos da proposta cristã. Minha diabetes está controlada a partir de uma alimentação regrada e com caminhadas de quatro quilômetros diários.Quem me vê caminhando, logo percebe o cabelo extremamente embranquecido.
Outro dia, enquanto eu “deslizava” pela calçada com o intuito de querer chegar, vi um sujeito projetando seu corpo para fora da janela traseira de um carro popular. Ele apontou seu dedo para mim e gritou: - Ô COTONETE!
Enquanto aquele automóvel se distanciava do quebra-molas ainda ouvi muitas risadas. Segui meu caminho pensando na boa resposta que poderia ter gritado de volta... Andei mais uns duzentos metros e só então me dei conta de que não teria valido a pena a tal atitude.
Enquanto apressava o passo, lembrei-me da palavra de Tiago. Ele sugere o comportamento da “ligeireza do perdão” e, junto, da “lerdeza do troco” (Tiago 1.20). Recordei-me duma reflexão que fiz em dias de ativa no pastorado: Dorme em paz quem de…