5.6.08

Sobre a Estética dos nossos Espaços!


A arquitetura e os espaços onde nos encontramos como Comunidade deveriam ser o ponto de partida, se quisermos levar a sério a nossa comunhão; a nossa missão aqui na São Mateus. O ambiente no qual nos reunimos sempre haverá de tocar as nossas almas com as possibilidades e as virtudes que sua arquitetura apresenta.

As possibilidades e virtudes que invadem nosso corpo através dos sentidos são captadas pelos nossos sentimentos ali onde nos sentamos. Assim, ambientes frios, escuros; com ornamentação viciada e cadeiras desconfortáveis nos põem para baixo. Já ambientes claros, bonitos, ventilados e bem ornamentados contribuem enormemente para um estado de espírito mais positivo.

Quem se dá conta disso, acaba percebendo que não somos apenas pessoas que agem, que se alegram e que sofrem subjetivamente, apenas. Existe uma dinâmica dentro do nosso organismo que já foi constituída por Deus, desde o nosso nascimento. O ato de levarmos em conta aspectos estéticos, não nos roubará nenhum dos objetivos transmitidos. Antes pelo contrário, nos ajudará a aprofundar e a caminhar pelos caminhos interiores que estão construídos dentro de nós mesmos.

Assim, nunca deveríamos fugir da possibilidade de refletirmos sobre a estreiteza; o aperto; a abertura e o espaço que os nossos corpos necessitam para desenvolverem suas sensibilidades dentro das salas que dispomos. Sim, porque os nossos sentimentos sempre acontecem dentro do corpo e a arquitetura que nos rodeia pode ajudar sim na nossa saúde física e espiritual...

Um comentário:

Tilp disse...

Então devemos deixar sempre o "ambiente" arrumado a esperas de visitas?