23.4.10

Alto preço!


Outro dia li no jornal que uma mulher, financeiramente bem situada, perdeu todos os seus bens. Como? O jornal informa que ela, num momento de crise existencial, de grande aflição, optou por buscar aconselhamento numa “empresa esotérica”. Este tal “aconselhamento amoroso e competente” custou-lhe a quantia de R$ 98.280,00. O que será que leva uma pessoa a agir assim? O fato é que muitos tentam anular os problemas e os conflitos com grandes somas em dinheiro. Quem age assim está desesperado em busca de paz para a sua vida. Aqui parece que o princípio: “O que não é caro, não vale a pena” dita as regras. Muito me disse a leitura de Lucas 8.42-48...

43. E certa mulher, que tinha uma hemorragia havia doze anos e gastara com os médicos todos os seus haveres e por ninguém pudera ser curada, 44. chegando-se por detrás, tocou-lhe a orla do manto, e imediatamente cessou a sua hemorragia. 45. Perguntou Jesus: Quem é que me tocou? Como todos negassem, disse-lhe Pedro: Mestre, as multidões te apertam e te oprimem. 46. Mas disse Jesus: Alguém me tocou; pois percebi que de mim saiu poder. 47. Então, vendo a mulher que não passara despercebida, aproximou-se tremendo e, prostrando-se diante dele, declarou-lhe perante todo o povo a causa por que lhe havia tocado, e como fora imediatamente curada. 48. Disse-lhe ele: Filha, a tua fé te salvou; vai-te em paz.

O texto acima fala de uma mulher que viveu situação semelhante à que gastou quase R$100.000,00 para encontrar uma possível saída. A sra. retratada no Evangelho de Lucas gastou todo o seu dinheiro com médicos, mas a cura que buscava não veio. Quando ouviu falar de Jesus, pôs-se a caminho. No meio da confusão, do burburinho, tocou nas vestes do Filho de Deus e foi curada. Este ato não lhe custou sequer um centavo. A Bíblia ainda diz que de Jesus saiu uma “força”, um poder.

Hoje em dia continua sendo assim que a maioria das pessoas crê mais naquilo que se compra com dinheiros. Não se crê com facilidade na força, no poder de Deus que brota de Jesus Cristo. Talvez isso seja assim porque a cura promovida por Deus seja gratuita. Para se apossar da mesma não há como pagar, mas recebê-la humildemente como um presente. As pessoas que estendem suas mãos para pegá-la acabam experimentando milagres, curas e salvação em suas vidas. Isso é assim porque elas crêem em Jesus. Se elas são pobres ou ricas, isso não entra em questão.

Nenhum comentário: