26.5.14

MALEDICÊNCIAS

Pastor! Eu sou caluniado no meu trabalho. O que devo fazer? Devo me defender com palavras duras ou devo silenciar diante desta situação?

Caro Júnior! Fofocas e calúnias acontecem na vida privada e também na vida profissional. A fofoca sempre é nociva. O detalhe é que o desejo de espalhar rumores sempre está presente no ser humano. A Bíblia não contradiz essa afirmação. Para ela o “o homem é mau desde a sua mocidade”. Outro dia ouvi de alguém que “que junto às lacunas que existem na comunicação sempre estão presentes veneno e lixo”.

Na Bíblia, a língua humana é, muitas vezes, citada quando se fala em conflitos, ódios, mentiras e calúnias. Já notaram que aqui e ali se diz que alguém falou isso ou aquilo com a “língua afiada”. Isso mesmo! É interessante que as palavras carregadas de mal; as palavras que são imprudentes e difamatórias sempre têm grande impacto na sociedade. O Apóstolo Tiago escreve sobre isto: “Com a língua pode-se acender uma pequena fogueira que, por sua vez, pode incendiar uma grande floresta”. Ele estava certo. A mulher e o homem, nem sempre conseguem dominar sua língua.  

Em última análise, o ato de se semear a discórdia com as palavras caluniosas é o mesmo que agir diabolicamente. Sim, exatamente este é o método do diabo: O incitamento de uma pessoa contra a outra. A palavra grega para diabo é “diabolos” e significa “confundir duas pessoas”.

Como lidar com a fofoca? Ora, no Novo Testamento se conta que Jesus também sofreu uma série de difamações e calúnias. Para os sacerdotes e os escribas o Filho de Deus sempre foi um espinho incômodo; uma pedra no sapato. Foi por isso que tentaram, com precisão mortal, prejudicar a sua posição social. “Pai, perdoa-lhes porque não sabem o que fazem”. Foi assim que Jesus orou na hora da maior necessidade em favor de Seus adversários. Eis uma indicação clara de como lidar com o sentimento de impotência e desamparo: Orando!


As pessoas que têm a intenção de prejudicar outras são infelizes. Elas agem assim porque estão aprisionadas atrás das grades dos seus medos; porque temem que alguém lhes tire ou que elas não alcancem aquilo que elas entendem lhes ser de direito. O ciúme e a inveja determinam a vida destas pessoas. Basicamente, essas pessoas merecem a nossa pena, porque uma vida nestes termos é errada. Serenidade e confiança em Deus são as armas mais fortes na luta contra o mal e a hostilidade oriunda da fofoca.

Nenhum comentário: