30.7.07

13 de maio de 1973


Como vocês todos sabem, estou exercendo meu pastorado em Joinville – SC. Meu gabinete está quase arrumado. Precisei abrir velhas caixas, rever antigos documentos e, de repente, caiu-me na mão uma folha de papel amarelada onde, há 34 anos atrás, rascunhei a meditação intitulada "a Bíblia", que reparti naquele sábado, dia 13 de maio de 1973, com os jovens da Juventude Evangélica de Santa Cruz do Sul – JESC. Na época eu tinha 19 anos e já era mecânico numa oficina de automóveis de fundo de quintal, desde os 13. Tinha parado com meus estudos no 1° ano do segundo grau. Voltaria aos estudos em março de 1975, em Ivoti – RS. Interessante como o tempo nos faz crescer na fé...

A Bíblia

"Somos jovens do século XX. Calça Lee, Top desbotada é o nosso grito de guerra. Se arranco um bolso traseiro dela significa que quis gritar bem alto para alguma coisa que acontece. Queremos ser alguém útil. Procuramos alguma coisa do nosso lado. Vamos jogar voley, futebol de salão e isso nos faz bem. Trabalhamos com afinco nas firmas para nossa próxima excursão e tudo é alegria.

Temos planos em mente e tentamos trazê-los para dentro da nossa turma. Queremos ser gente alegre e por isso todos nós vamos ver “Love Story” hoje à noite. Quando voltarmos, cairemos na cama e se não estivermos muito cansados, seremos obrigados a fazer um retrospecto do dia que passou para, finalmente, chegarmos à conclusão de que não encontramos aquilo que procurávamos.

Queremos dormir mas o pensamento nos pesa. O trabalho, os divertimentos, a alegria, a garota de quem gostamos, os meus amigos e amigas – eu preciso deles todos mas e daí? Quantos minutos por dia a bíblia ocupa lugar em nós?... “Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção, para a educação na justiça
”".

Nenhum comentário: