7.12.10

Kaká e Caroline


Segundo notas publicadas na imprensa (Jornal “O Dia” – 05 de dezembro), o jogador Kaká e sua esposa Caroline romperam com a Igreja Renascer. A razão deste rompimento se deve ao fato de que o casal não estava mais satisfeito com a administração dada aos dinheiros arrecadados. A Instituição religiosa confirmou o desligamento destes dois membros ilustres, mas sem apontar motivos.

Segundo reportagem publicada na revista “Veja”, a ruptura já teria ocorrido em agosto de 2010. Caroline declarou que “Seu tempo na Igreja Renascer tinha acabado e que, a partir daquele momento, sua busca constante seria somente por Deus”.

Os motivos oficiais não foram explicados, mas supõe-se que houvesse discordância entre o casal e a administração da igreja, cujos líderes, Estevam Hernandes e sua mulher, Sonia, foram presos em Miami, em 2007, com US$ 50 mil não declarados, com parte do valor escondido em uma Bíblia. Segundo a reportagem de “O Dia”, em 2009 Kaká teria contribuído com pelo menos US$ 1,4 milhão de dízimo para a referida igreja.

Se isso é verdade, bato palmas. No entanto eu desconfio que, em breve, teremos uma nova Igreja; uma nova “liderança” eclesiástica; uma nova leva de gente buscando “razão para viver” em pessoas famosas, mas não em Jesus Cristo que optou pelos caminhos da cruz. Tempos difíceis.

Nenhum comentário: