2.10.12

Casamento e Divórcio!



- Escuta essa pai! “A fidelidade não está para a natureza humana”.
- Eh! Eh! Então os carros, as casas, os aviões e os concertos musicais também não estão.
- Tem lógica...
- Sabe filho! Em todas as culturas do mundo a relação matrimonial é protegida por regras e rituais, mesmo nos países onde um homem pode ter várias esposas.
- Verdade?
- Sim! Nas relações de poligamia, é assim que a primeira mulher tem posição de destaque. É ela que ajuda na tarefa de escolher a segunda e a terceira esposa para o seu companheiro.
- Não sabia disso. Onde é que fica o amor nesta história?
- No mundo poligâmico o papel do amor é secundário.
- Que coisa! Não consigo entender uma relação matrimonial sem a presença do amor.
- Eu também não filho. A verdade é que há relacionamentos de marido e mulher que também se dão sem amor.  
- Para mim casamento sem a bênção de Deus é empreendimento sem chance de sucesso!
- É! Não é fácil manter-se uma relação matrimonial de pé!
- Por que isso pai?
- O trabalho atrapalha. Hoje marido e mulher trabalham em empresas diferentes e têm problemas diversos para resolver que ninguém deles toma conhecimento. À noite eles precisam de bom tempo e de boa dose de energia para viver a vida em comum que se prometeram diante do altar. Tempo e energia que eles não têm mais força para doar.
- Então é por isso que muitos matrimônios são difíceis de serem vividos na sua plenitude.
- É!