17.12.13

Alegria – Jesus já vem!

Ó vinde, ó vinde Emmanuel! Alegrem-se todas e todos vocês. Deus nos presenteia com Sua alegria. O mundo sempre esteve dependente da Filosofia Grega que, de certa forma, desencaminha a alegria. É por causa disso que a imagem de Deus, a Bíblia e a fé nos são apresentadas sérias e pesadas; são-nos relacionadas com Mandamentos e Proibições; tiram-nos as possibilidades de alegria.  

A Bíblia nos apresenta Deus como a Fonte da Alegria. Deus nos criou para sermos abundantemente alegres no Seu Paraíso. Parece mentira, mas abdicamos deste presente e optamos por uma vivência mais sisuda. Ora, Deus é a Fonte da Vida e isso já é um sinal de que Ele nos sonha alegres. Deus sempre mostra alegria santa e pura ao nosso lado. Perceberam? A verdadeira alegria vem de Deus e, por isso, não pode comungar com o que é pecaminoso prazer.   

Isso mesmo! A alegria de Deus é integral, sem mistura, e sempre nos faz alegres  a partir do que é bom. Todas as pessoas procuram substitutivos para a alegria perdida em pseudo-alegrias que se alicerçam sobre alguma dor. Dá para se dizer que a alegria de um sempre custa alguma coisa para o outro. A verdadeira alegria não se baseia na fraqueza da humanidade, mas do amor que Deus doou às pessoas.  

A gratidão e a alegria andam de mãos dadas. As pessoas que aprendem a agradecer percebem as situações vividas sob a ótica de Deus. Daí então elas são preenchidas da verdadeira alegria que só Deus promove. Em rodas de piadas sempre parece haver grande alegria, mas esta ainda não é a verdadeira alegria. As pessoas que atingem o potencial que Deus lhes pensou vivem a plenitude da sua vida e é isso que as leva à alegria duradoura.

A oração de gratidão nos leva à presença de Deus; muda os nossos corações e nos permite a visão de uma nova comunhão. A proximidade de Deus, somada à nossa gratidão, preenche o nosso relacionamento com as pessoas; promove-nos a mais pura alegria – a alegria que não tem nada a ver com a humilhação das pessoas, a alegria não destrutiva e sim criativa.

Alegrem-se! Jesus Cristo já vem libertar todas as pessoas que se encontram solitárias no exílio da tristeza; da depressão e do desconsolo. Sim, o tempo que vivemos é marcado por lamentos. Dificuldades que, em breve, não existirão mais. Acolhamos o Filho de Deus que vem nascer em nós; que vem vestir vestidos de carne; que vem se tornar gente conosco; que vem nos acarinhar; que vem nos apontar o caminho, a verdade e a vida. Amém!

Nenhum comentário: