2.8.06

Grande Virada!

A hora dormiu e eu pedi prá descer.
Sentei na cadeira e lá fui escrever.
Eram frases de amor pru’ma flor a nascer.
Que coisa mais linda - não vou esquecer!

Me aquieto encantado e me paro a amar.
Eu sei, amanhã ainda vou namorar.
É a história da gente exposta no altar.
Minha vida inteira num filme a passar…

O tempo acordou, levantar me exortou.
Está entendido, eu não mais sou guri.
Baviera menina me trará saudades,
da grande virada que aqui eu vivi.

A História chamou e vou dar-lhe atenção.
Eu queria parar mas não tinha a razão.
Levantei os meus olhos, só vi coração,
de um doce futuro marcado de unção.