Postagens

Mostrando postagens de Junho 29, 2012

Te manda Abraão! (Gênesis 12.1-4)

Imagem
Não carrego a mínima dúvida de que pessoas mais desavisadas compreendam esta história como uma simples sugestão para sair de casa; mudar de ares. Pode ser que neste texto sugerido alguém leia um convite para mudança à alguma praia ensolarada ou algum local aprazível na serra.  Todos temos a nossa pátria e, desde o nosso nascimento, um estreito relacionamento com o lugar onde estamos “fincados”. Algumas e alguns de nós não carregam estes vínculos natais, mas se acostumaram com o “espaço” onde vivem. Em resumo, estamos perfeitamente aclimatados, contextualizados na vizinhança, na cidade onde moramos, obde construímos nossa “casa”. Partir?... Assim?... Tão de repente?... Quem faria uma coisa dessas?... Por que isso?... Parece que a saída de Abraão da sua terra natal e da sua parentela se deveu a bons motivos. Deus o estava “pensando” como “pai de uma grande nação”. Foi a promessa de Deus que impulsionou Abraão a deixar para trás aquele chão; aquelas relações construídas com tanto