6.7.06

Crises!


Os últimos seis anos que estou vivendo em Munique foram e ainda estão sendo de muito crescimento, tanto para dentro como para fora de mim. A crise que vivi por estar longe da minha cultura, da minha gente, mexeu muito comigo. Outro dia, lendo o livro de Gênesis, percebi que Abraão, ao ser chamado a deixar sua parentela e sua terra, também viveu momentos de dificuldade. O texto bíblico deixa claro que, para ele, o fato de experimentar ser extrangeiro foi a ótima oportunidade da sua vida; foi sua grande chance de crescimento para dentro dessa proposta mais aberta que Deus lhe propôs ou seja: ser uma bênção a todas as gentes. (Gn 12.1-3)

Penso que tenho podido ser um pouco disso, para mais de duas centenas de estudantes estrangeiros oriundos de países em desenvolvimento que estudam aqui na “Ludwig Maximilian Universität – München”. Estou me sentindo muito bem. Minha família tem notado este estado de espírito em mim e agora, vejam só, estou prestes a voltar. Sim, estou “louco” para poder reaplicar meus dons na nossa querida IECLB. Tempos excelentes estes de 2006.

Nenhum comentário: