6.7.06

Visita Boníssima!


Pois o Áquila se foi. Foi sua terceira visita, em seis anos aqui em Munique. Nem vi o tempo passar. Tudo correu tão depressa e lá se foram os 50 dias de intensivo convívio. Conversamos sobre tantas coisas. Recordamos os bons tempos de sua meninice em Cidade Gaúcha, Cruz Alta e Florianópolis. Conversamos sobre o momento presente. Sobre as perspectivas, depois da Faculdade de Administraçao na ESAG. Sobre a possibilidade de ficarmos mais perto um do outro, agora, quando do nosso retorno definitivo ao Brasil.

Estou vivendo momentos muito bons, tanto em termos familiares como profissionais. Minha família entrou numa profunda crise, naquele longínquo fevereiro de 2001. Nossos filhos não se adaptaram na capital de Bayern. O primeiro a voltar ao Brasil foi o Daniel. Ele disse que iria tratar do seu futuro e isto, com pressa. Nem festejou seu primeiro natal conosco. Fomos com ele até a estação central de trens. Suas malas estavam pesadas. Seu destino escrito na janela do “trem bala”: Frankfurt. Quando embarcou fiquei olhando-o. Estava seguro de si. Ai que tristeza que eu precisei viver naqueles dias. Eu sabia que ali nossa vida familiar tomaria outro rumo. A nossa história comum abria, naquele momento, o seu leque para mais vida particular que, por sua vez, de novo, geraria mais família. O Áquila se foi de volta meio ano depois. Tudo aquilo nos foi muito dolorido.

Ontem nos despedimos mais uma vez. Agora, foi só por pouco tempo...

Nenhum comentário: