18.2.12

Isso é Culto? Será! - Amós 5.21-24...


Reza a História que há 2.800 anos muitos pequenos colonos israelitas empobreceram devido à ganância de grandes “fazendeiros”. Assim, muito endividados, tornaram-se praticamente escravos de seus empregadores. Tudo parecia muito legal. Foi então que, em nome de Deus, o profeta Amós proferiu as seguintes palavras:

5.21 - O SENHOR diz ao seu povo: — Eu odeio, eu detesto as suas festas religiosas; não tolero as suas reuniões solenes. 5.22 - Não aceito animais que são queimados em sacrifício, nem as ofertas de cereais, nem os animais gordos que vocês oferecem como sacrifícios de paz. 5.23 - Parem com o barulho das suas canções religiosas; não quero mais ouvir a música de harpas. 5.24 - Em vez disso, quero que haja tanta justiça como as águas de uma enchente e que a honestidade seja como um rio que não pára de correr.

Amós percebeu que os israelitas gostavam muito de formas religiosas de Culto. O problema é que as belas liturgias e os lindos Cultos não combinavam com o tratamento aos empregados. Amós percebe este detalhe e abre o verbo. Para Amós o Culto precisa estar em sintonia com o dia-a-dia. Deus não vê com bons olhos uma celebração bonita que não se estenda para fora das portas do templo. Ele diz: - Estou com nojo de ouvir teus cânticos; para de tocar estes instrumentos! Para Deus o Culto precisa estar em sintonia com os Seus Mandamentos e com a Justiça.

Como é que alguém pode querer glorificar a Deus através de sua voz e ou de seu instrumento musical se, na intimidade do lar, tiraniza sua esposa e seus filhos; se no recôndito da sua empreza escraviza seus funcionários e ou seus subalternos?

Dietrich Bonhoeffer o nosso mártir evangélico disse numa das suas palestras em 1935: - “Só quem levanta a voz em favor dos judeus é que pode cantar hinos gregorianos.” Com certeza, esta foi uma palavra excelente durante o tempo de tirania nazista. Eu traduzo ela: Somente as pessoas que doam em favor àqueles que sofrem é que devem abrir a boca para louvar e prestar Culto a Deus. Você sente incomodado com esta palavra? Ótimo!

Deus quer encontrar-nos adorando-O em Comunidade no Culto e ali nos elevar; nos fortalecer. Ele não tem a intenção de nos punir, mas de nos exortar e lavar a sério a palavra de 1 Samuel 15.22 onde se lê: “É melhor obedecer a Deus do que oferecer-Lhe em sacrifício as melhores ovelhas.”

Hinos, orações e rituais não tem a capacidade de apagar nossas atitudes erradas; nossas ações injustas. Que Deus nos ajude a sintonizarmos; a harmonizarmos nossas atitudes no Culto com nossas atitudes na vida cotidiana. Que possamos nos converter em autênticos seguidores de Jesus Cristo.

Nenhum comentário: