22.9.13

Deus me ajunta do Chão - Marcos 4.26-29


Tu e eu – somos semeadura!
Quase não nos damos conta
dessa ideia de grande monta
que brota da boa semente.
Quer acordados ou dormindo
a dita cuja cresce.
Como é que isso acontece?
Simples – Deus Onipresente!

Tu e eu – somos terra!
Chão onde a semente cai.
Ali – enterrada – ela se esvai
para gerar os bons frutos.
Como pó e sopro de Deus,
acolhemos sementes ricas,
enchemos várias barricas,  
sempre ativos e argutos.

Tu e eu – somos sementes!
Espalhadas em mil lavouras,
roças morenas e ou louras.
Tempo escuro de solidão!
Hora de aquietamento,
experiência de cansaço
crises, derrotas e fracassos.
Deus nos ajunta do chão! 

Nenhum comentário: